ALÉM DO CICLO
VIRTUOSO DA

COOPERAÇÃO

A cada ano que passa conseguimos superar as nossas expectativas quanto ao aumento das receitas das cooperativas e, consequentemente, maior a distribuição de sobras aos associados, maior a nossa capilaridade, maior o desenvolvimento do comércio local, mais prosperidade e desenvolvimento para o agronegócio. Ou seja, maior o poder do ciclo virtuoso da cooperação.

Para conseguirmos atender as expectativas dos nossos públicos estratégicos e levar o cooperativismo financeiro aos municípios, contamos com um Plano de Expansão que busca ampliar a rede de cooperados em nosso Sistema.

Em 2021, novos cooperados se associaram ao Sicoob SC/ RS, novas vidas foram impactadas, novas histórias fizeram parte do nosso cotidiano. Abrimos 49 novas agências, de 24 cooperativas vinculadas ao Sicoob Central SC/RS. Sete foram instaladas no Paraná, 27 no Rio Grande do Sul e 15 novas unidades de atendimento em Santa Catarina.

Sou correntista de outras instituições financeiras, mas o que diferencia o Sicoob das demais é o atendimento ágil e humano. Sobre a abertura de um PA na minha região, quanto mais empresas se instalarem no nosso município, independentemente da quantidade de funcionários, maior será o aumento da geração de renda para a cidade.

Valmir Pedó – associado ao Sicoob em Três de Maio (RS).

Para 2022, a nossa expetativa é abrir mais de 100 agências em 90 municípios diferentes, dos quais mais de 70 ainda não são atendidos pelas cooperativas filiadas ao Sicoob Central SC/ RS. Nosso objetivo é levar às pessoas mais que produtos e serviços financeiros, é transmitir os valores cooperativos e propiciar a construção de uma sociedade mais justa, igualitária e com responsabilidade social.

BNDES – A cooperação para o desenvolvimento sustentável do agronegócio


Possibilitando ampliar cada vez mais os negócios dos associados, o Sicoob SC/RS disponibiliza linhas de financiamento do BNDES destinado a pessoas físicas e jurídicas, vislumbrando o desenvolvimento econômico, social e ambiental dos agricultores e produtores de pequeno, médio e grande porte. O agronegócio é um dos principais setores da economia brasileira, integrando práticas rurais e urbanas e as cooperativas têm um papel fundamental ao contribuir para o crescimento sustentável dos produtores, através da cooperação, um dos principais alicerces em momentos de crise.

Compartilhamos, ao lado, as liberações ocorridas em 2021.

Para fortalecer a identidade cooperativista e fornecer uma solução integrada aos associados, o Sicoob, em parceria com o Governo do Estado de Santa Catarina, apoiou o programa SC Mais Renda, atuando como a principal instituição de repasse do crédito disponibilizado pelo BRDE.

O programa é um apoio financeiro para os microempreendedores individuais (MEI) e as micro e pequenas empresas que foram afetadas pela pandemia do coronavírus e que estão retomando o crescimento de suas atividades.

Sempre fui bem atendido na cooperativa e ela possui todos os produtos e serviços que preciso. Tive agilidade e facilidade na contratação e liberação do crédito, que atendeu minha demanda na construção de uma granja de suínos-creche.

Leomar Cavichon – associado ao Sicoob
em São Miguel do Oeste (SC).

Na medida em que minha empresa expandir no agronegócio, procurarei o Sicoob como parceiro, pois não tenho dúvida que a partir do momento que a gente começou a ter esse relacionamento mais afinado, Sicoob/ empresa/trabalho, isso possibilitou expandir o negócio. Uma parceria que está dando muito certo! Quando a cooperativa cresce, o cooperado cresce também. O Sicoob é cooperativa e eu sou cooperativa, eu sou Sicoob também. O Sicoob é, em todo sentido, disparadamente a melhor instituição para se trabalhar, melhor que um banco privado e com certeza eu recomendo para qualquer pessoa.

Valdecir Dal Olmo Machado – empresário do ramo do agronegócio (suinocultura e gado de corte) e do ramo farmacêutico em Xavantina (SC).

A equipe de especialistas do Sicoob central SC/RS está engajada em ações para expansão e crescimento do agronegócio.

Por isso, em 2021 organizou capacitações e webconferências com entidades parceiras, como a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural de Santa Catarina, Epagri/Cepa, JBS/Seara, BRDE e CCS, para entregar informações e conhecimento para as cooperativas singulares. Algumas capacitações importantes: crédito rural para iniciantes, semana do BNDES Rural e Comercial, programa SC Mais Renda (Juro Zero).

Entre as atuações realizadas com as cooperativas singulares, destacamos:

Workshop Agroambiental: diante das novas exigências do Bureau Verde do Banco Central e auditorias internas relacionadas às questões socioambientais, nossas cooperativas foram capacitadas sobre o licenciamento ambiental e o processo de outorga de direito de uso da água para o setor agropecuário da Região Sul do Brasil (PR, SC e RS). O evento foi realizado por plataforma on-line e teve a participação de aproximadamente 500 pessoas.

Workshop Plano Safra 2021/2022: o Workshop teve o objetivo de repassar para o time de agronegócio das cooperativas filiadas, as alterações das normas do crédito rural e estratégias comerciais. Tivemos a participação de 580 pessoas, via on-line.

Agro em Pauta: o objetivo foi dar o pontapé de início da safra 2021/2022 para todo o time do Sicoob e para os associados, abordando as novidades do Plano Safra e a realização de uma palestra sobre o Agronegócio no Sul do Brasil.

Start Agro: é um evento com o objetivo de repassar estratégias comerciais para as cooperativas filiadas, relacionadas à antecipação da safra, juntamente com o incentivo por parte do Sicoob Corretora em fazer a contratação antecipada dos seguros para conseguir a subvenção do governo federal. Tivemos a participa- ção de 800 pessoas on-line.

Desafio Rural Premiado: para o ano agrícola 2021/2022 consolidamos a parceria entre Sicoob Central SC/RS e CCS para o Desafio Rural Premiado SC/RS, com o objetivo de reconhecer e valorizar empregados que atuam de forma engajada para o crescimento sustentável da carteira de crédito rural e em melhorias contínuas voltadas ao atendimento do produtor rural em todas as suas atribuições.

Meio Ambiente – utilização correta dos recursos naturais para sobrevivência e desenvolvimento da sociedade

Um dos pilares do agronegócio é a preservação do meio ambiente, por isso contamos com a unidade de Controles Internos e Conformidades para monitoramento das regras estabelecidas em nossa Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) sobre as operações. O resultado desse monitoramento é reportado bimestralmente aos órgãos de Governança da Central SC/RS e a área responsável pelo gerenciamento de risco de crédito no Banco Sicoob. Além disso, dispo- nibilizamos vários canais para denúncias de inconformidades ambientais: ouvidoria, Reclame Aqui, canal de ilicitude, RDR (sistema de registro de demandas do cidadão).

GRI 307-1

Como resultado de nossas ações, em 2021 não tivemos registros de multas e notificações relacionadas ao descumprimento das leis e regulamentos ambientais.

E para firmar nosso compromisso com o meio ambiente, nossas cooperativas possuem parcerias locais para a destinação correta dos resíduos. Todas as empresas responsáveis pelas coletas possuem o Certificado de Destinação Final, comprovando o procedimento realizado.

a preocupação com a reciclagem não é apenas interna, pois abrimos a possibilidade de os associados depositarem resíduos nos postos de coletas das agências. essas ações, além de promoverem o cuidado com o meio ambiente, movimentam a economia local.

A seguir, compartilhamos alguns dos projetos realizados pelas cooperativas em 2021.

Preservação de rios e proteção de fontes: investimentos anuais para a preservação dos rios e riachos para melhorar o fluxo e a qualidade da água nas nossas regiões de atuação. Além disso, as cooperativas fornecem equipes e materiais para garantir a proteção da fonte de água nas propriedades rurais.

Hortos: construção de diversos hortos para escolas e hospitais, com o objetivo de levar uma alimentação saudável à população.

Projetos Amigos da Mata: o Projeto Amigos da Mata, do Agro e da Biodiversidade tem como objetivo a regeneração e recuperação de nascentes e matas ciliares com participação ativa de alunos, professores, proprietários e empregados.

Doação de mudas e Dia da Árvore: entregas gratuitas de mudas de árvores nativas nos pontos de atendimento das cooperativas, visando conscientizar e preservar o meio ambiente.

Coleta de lixo eletrônico: campanha de arrecadação de lixo eletrônico em frente às agências, para a destinação correta desses produtos tão prejudiciais ao meio ambiente. Houve arrecadação de mais de uma tonelada de resíduos eletrônicos, repassados para empresas especialistas em reciclagem.

Economia, Cooperação
e Sustentabilidade

GRI 103-2

Os resultados de uma empresa dependem do conjunto de práticas econômicas, financeiras e administrativas executadas, visando a perenidade do negócio. O sucesso desses resultados leva em consideração a forma como essas práticas são empreendidas. Para o Sicoob, gerar resultados econômicos é uma consequência do ciclo virtuoso da cooperação, pois o objetivo é desenvolver pessoas, empresas, comunidades, num ciclo em que todos ganham e todos crescem.

GRI 102-7

Em 2021, geramos R$ 2,3 bilhões em vendas líquidas, R$ 3,7 bilhões em financiamentos de curto prazo e R$ 4 bilhões referentes ao patrimônio líquido que leva em consideração a capitalização do Sicoob SC/RS.

GRI 201-1

** O montante retido fica nas reservas em conta patrimonial para incrementar a sustentabilidade da cooperativa e outro montante é utilizado no Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (Fates), que tem como objetivo prestar assistências técnica, educacional e social aos associados e aos empregados da cooperativa, visando fortalecer o associativismo, o mutualismo e a prática dos princípios cooperativistas dentro das comunidades.

Nossos resultados são fruto das boas práticas sustentáveis que realizamos, com as ações programadas em planejamento estratégico, sempre focadas em novos negócios que levam oportunidades e desenvolvimento para as comunidades locais. Sendo assim, em 2021, tivemos um crescimento expressivo nas receitas advindas principalmente das operações de crédito, representando 50% de incremento, além do aumento na remuneração da centralização e das aplicações financeiras.

Ao analisarmos os custos operacionais e não operacionais, o principal impacto está nas despesas de captação, em virtude da variação da taxa Selic que iniciou 2021 com 2% e passou para 9,5%. Além disso, este aumento se deve à abertura de novos pontos de atendimento e despesas com juros sobre empréstimos e repasses interfinanceiros junto ao Banco Sicoob e Central SC/RS, e das provisões de ativos não financeiros mantidos para venda (antigo BNDU – Bens Não de Uso Próprio).

Essas variações também tiveram impacto em virtude de novas contratações realizadas nas agências do Sicoob, no pagamento ao governo, com aumento nas receitas de atos não cooperativos (renda de cartões de débito/crédito, comissões e premiações) e no pagamento a fornecedores. Considerando o crescimento do Sistema Sicoob SC/RS, tivemos, ainda, aumento com aluguéis, serviços de terceiros, propaganda e publicidade.

Este aumento no resultado das operações de crédito e demais atos cooperativos repercutiu positivamente no pagamento de juros ao capital, contribuindo para que em 2021 tivéssemos um aumento de 22% em sobras líquidas a serem distribuídas aos associados, após destinações legais e estatutárias disponíveis para deliberação em Assembleia Geral Ordinária (AGO).

O desempenho econômico gerado pelo Sicoob SC/RS em 2021 comprova o compromisso com os seus públicos estratégicos baseado numa relação de confiança para que juntos possam caminhar para o desenvolvimento sustentável.

Relacionamentos
baseados na cooperação

O cooperativismo tem o papel fundamental de promover a colaboração e a associação de pessoas com os mesmos interesses. Por esta razão, o Sicoob valoriza o engajamento com os públicos estratégicos.

GRI 102-9; GRI 412-1

Por isso, ao buscar parcerias para a aquisição de materiais, equipamentos e serviços, o Sicoob escolhe fornecedores que ofereçam o melhor custo-benefício, que estejam em dia com suas obrigações trabalhistas e respeitem os direitos humanos de seus funcionários, na perspectiva de um trabalho decente. Nos contratos, são inseridas cláusulas sobre a prevenção à lavagem de dinheiro, anticorrupção e ciência frente aos normativos inter- nos das cooperativas. A maioria de nossos fornecedores são associados da cooperativa e pertencem à comunidade onde a cooperativa atua.

Além disso, em 2021, algumas das nossas singulares realizaram capacitações com fornecedores, sobre temas como: Capacitação de Gestão de Risco Operacional; Resumo do Pacto de Ética; Resumo de PLD/FT; MIG - Terceirização de Serviços; RAS – Declaração do Apetite por Risco; Política de Segurança da Informação para Fornecedores do Sicoob Central SC/RS; Política de Cibernética Resumida; Resolução 4.893/2021 - Banco Central - Política de Segurança Cibernética e sobre a contratação de serviços de processamento e armazenamento de dados e de computação em nuvem para instituições financeiras; Política Institucional de Gestão de Dados Pessoais do Sicoob; e Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD.

Éder Lemke – fornecedor do Sicoob SC/RS

Observo a preocupação constante do Sicoob na melhoria de processos, não só para maior eficiência e redução de custos, mas para oferecer a melhor experiência tanto para os empregados como para os associados.

Para fortalecer nossas relações e mensurar se nossas estratégias estão atendendo os interesses e as expectativas dos stakeholders, a cada dois anos realizamos uma consulta para identificar quais os indicadores, na visão desses públicos, devem ser monitorados quanto aos nossos impactos econômicos, sociais e ambientais.

Esta iniciativa, além de ser uma oportunidade para estreitarmos o relacionamento com os públicos de interesse, orienta na elaboração de planos de ação mais consistentes e assertivos.

GRI 102-40; GRI 102-42;

Sendo assim, considerando que ainda estamos em pandemia, em 2021 o Sicoob SC/ RS realizou essa abordagem no formato on-line em sete eventos. Denominado “Painel com Públicos Estratégicos”, contamos com a participação de 465 convidados, envol- vendo as cooperativas do Sistema e os representantes dos stakeholders de acordo com o mapeamento da nossa Política de Sustentabilidade.

Associados
Clientes
Força de trabalho
Comunidade do entorno
Fornecedores
Governo e sociedade
Meio ambiente

GRI 102-46

Nesta abordagem tivemos a oportunidade de falar sobre a importância da Sustentabilidade e da participação de cada um dos representantes que formam os nossos públicos-chave.

Durante os eventos foi aplicada uma pesquisa com base na metodologia GRI levando em con- sideração os aspectos nas dimensões econômicas, sociais e ambientais.

Os indicadores priorizados nesta consulta, tanto pelas lideranças do Sicoob SC/RS que repre- sentam o público interno, quanto pelos stakeholders, que representam o público externo, for- mam a matriz de materialidade deste Relatório, ou seja, a base para sua construção.

Hewellym Silvielly Tiemann dos Santos – participante do evento “Painel com Públicos Estratégicos”, representante do público Governo e Sociedade

Como prestadores de serviços é muito importante que saibamos qual o objetivo e missão do nosso cliente para podermos contribuir da melhor forma possível. A troca de informações e até mesmo entender a visão do cliente sobre diversos assuntos ou processos é muito válido, as vezes é algo simples que para gente se torna tão cotidiano que não conseguimos mudar a visão, e quando temos essa troca conseguimos dar uma “virada de chave”.

Ficou bem claro a importância da participação dos associados em opinar, sugerir, reclamar, e expor suas ideias, o que contribui muito para o desenvolvimento da cooperativa. Como os trabalhos são voltados aos interesses de seus associados, estes podem contribuir para as melhorias, fortalecendo a credibilidade e con- fiança dos cooperados com a toda a direção e quadro de colaboradores.

Rafael Mucelini – participante do evento “Painel com Públicos Estratégicos”, representante do público Fornecedores

GRI 102-46

O resultado dessa consulta, configura os pontos convergentes entre a percepção interna e externa ao Sicoob, representada em nossa Matriz de Materialidade.

GRI 102-46

O resultado dessa consulta, configura os pontos convergentes entre a percepção interna e externa ao Sicoob, representada em nossa Matriz de Materialidade.